quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Deputados aprovam relatório final da CPI das Milícias


O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga atuação de milícias e grupos de extermínios no estado foi aprovado à unanimidade pelos deputados que integram a comissão nesta terça-feira, 27, durante reunião de trabalho na Assembleia Legislativa do Estado. O documento será apresentado às autoridades paraenses nesta sexta-feira, dia 30.

Proposta pelo deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), a comissão foi Instalada no dia 18 de dezembro do ano passado, devido ao clamor de mais de 50 entidades paraenses que atuam na defesa dos direitos humanos no Pará, após dez pessoas terem sido executadas supostamente por grupos de extermínio em bairros da periferia de Belém, nos dias 04 e 05 de novembro. A chacina teria sido praticada por policiais, em represália ao assassinato de Antônio Marcos Figueiredo, o cabo Pet.

O relatório da CPI das Milícias ficou pronto semana passada, mas passou por revisão do relator, deputado Carlos Bordalo (PT). Contendo aproximadamente 300 páginas, a conclusão é de que sejam indiciados mais de 60 pessoas ligadas direta e indiretamente aos grupos de extermínios existentes no estado. Além disso, mais de 30 recomendações serão feitas às autoridades competentes, como Ministério Público, Tribunal de Justiça do Pará, e ao Governo do Estado, no sentido de tomada de providências.


Integraram a comissão os deputados Augusto Pantoja (PPS), presidente; o deputado Carlos Bordalo (PT), relator. Os demais titulares foram os deputados Tetê Santos (PSDB) e Chicão (PMDB). Na suplência, os deputados Airton Faleiro (PT), Nilma Lima (PMDB), Zé Francisco (PMN) e Hilton Aguiar (SDD), além de Coimbra (PSD).


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Nota de pesar

Meus sentimentos à família do companheiro Mauro Ribeiro, pelo falecimento do seu pai, Lino da Costa. Que encontrem força, neste momento de dor.

Pêsames pela morte do médico Antônio Fontellles


Meus pêsames à família Fontelles pela perda do médico Antônio Carlos Fontelles. Vá em paz, amigo! O corpo do médico está sendo velado na Capela da Max Domini, na Avenida José Bonifácio, em frente ao Cemitério Santa Izabel, no Guamá.

Sessenta pessoas deverão ser indiciadas em CPI


O relatório dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito, instalada na Assembleia Legislativa, e que investiga a atuação de milícias e grupos de extermínio no Estado deve pedir o indiciamento de mais de 60 pessoas ligadas direta e indiretamente à prática - incluindo participantes da facção que atuava no bairro do Guamá e que teria como um dos membros o policial militar Antônio Marco Figueiredo, o “cabo Pet”, cujo assassinato, na noite do dia 4 de novembro de 2014 foi seguido de outros dez assassinatos, na madrugada do dia 5, em retaliação, episódio este que ficou conhecido como a “Chacina de Belém”.

O relatório da CPI das Milícias ficou pronto no sábado (24), e sofreu uma primeira revisão do próprio relator, deputado Carlos Bordalo (PT), desde o domingo (25), pela manhã, tendo sido concluída ontem, em uma reunião que contou ainda com a presença do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) e assessores da Comissão.

O voto do relator será analisado em uma reunião fechada, nesta terça-feira (27), a partir das 10h, na sala dos ex-presidentes, pelos demais integrantes da Comissão, que é presidida pelo deputado Augusto Pantoja (PPS), e têm ainda como membros titulares os deputados Chicão (PMDB) e Tetê Santos (PSDB). O documento produzido pela relatoria contém aproximadamente 300 páginas.
Além disso, outras 30 recomendações de providências aos poderes constituídos e ao Ministério Público foram propostas. O prazo de entrega do relatório é o dia 31 de janeiro.

Fonte: Diário do Pará http://migre.me/om7ai

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Bordalo concede entrevista à Rádio CBN Belém sobre relatório final da CPI das Milícias

Nesta sexta feira, 23, concedi entrevista ao vivo ao programa O Liberal CBN Belém, apresentado pelo jornalista Cleiton César. Na ocasião, falei sobre o relatório preliminar da CPI das Milícias da Assembleia Legislativa. O documento com as conclusões finais será entregue às autoridades na próxima sexta-feira, dia 30. Ouça entrevista na íntegra: 

http://www.oliberalcbn.com.br/internas.asp?id=11266




Diretório Regional do PT debate reforma política

Amigos e amigas, hoje (23), às 19h, o Diretório Regional do PT no Pará realiza um debate bastante importante para o futuro do país: a reforma política. Seria muito importante a participação de todos e de todas. Participem!





Parabéns, Paragominas!

Parabéns!, Paragominas, pelos 50 anos de fundação comemorados na data de hoje (23). Desejo progresso e prosperidade para sua população.


Saiu na mídia!

Coluna Repórter Diário -RD desta quinta-feira (22), do jornal Diário do Pará, traz novas revelações a respeito da CPI das Milícias. Confira:


Oficina Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Nesta quinta-feira (22), participei da Oficina Estadual de capacitação "Margaridas em Marcha no enfrentamento à violência contra as mulheres do campo, das águas e da floresta". Na oportunidade, apresentei os dados sobre a violência contra as mulheres no Estado do Pará e dialoguei algumas ações de combate.



 


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

CPI das Milícias apresenta relatório preliminar


Pré-matrículas do Pronatec Campo estão abertas


A população da zona rural já pode fazer a pré-matrícula para os cursos ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Campo. Aproximadamente 35 mil vagas estão abertas para 116 cursos em todo o país.
Os interessados devem procurar as delegacias do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), os sindicatos dos Trabalhadores Rurais, as secretarias de Agricultura ou órgão similar que presta assistência técnica e extensão rural para saber os cursos ofertados na região, verificar a disponibilidade de vaga e fazer a pré-matrícula. A confirmação da inscrição ocorrerá nas unidades de ensino, a partir de março.
Segundo o MDA, os cursos mais procurados são o de agricultor familiar, horticultor orgânico, agricultor orgânico, agente de desenvolvimento cooperativista, bovinocultor de leite, avicultor, fruticultor, auxiliar de agropecuária, piscicultor e preparador de doces e conservas.
Cada pessoa pode fazer até três cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) por ano e um curso técnico. Os cursos FIC servem para a qualificação profissional, dão certificado de formação e têm carga horária mínima de 160 horas. Os cursos técnicos também dão diploma e têm duração mínima de um ano, além da carga horária prevista para o estágio profissional supervisionado.
Se sobrar vagas, as turmas serão abertas para inscrição online e qualquer pessoa poderá se inscrever nas vagas remanescentes pelo portal do Pronatec (http://migre.me/ogRu6), dez dias antes do início do curso.

Fonte: Agência Brasil

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

CPI das milícias discute papel dos meios de comunicação e direitos humanos

Logo mais, às 9h30, deputados que compõem a CPI das Milícias da Alepa discutem com a sociedade civil, por meio de um seminário, o papel dos meios de comunicação na garantia de direitos humanos. Será no auditório João Batista.


Reportagem do Jornal Amazônia sobre a CPI das Milícias

Reportagem do Amazônia Jornal desta quarta-feira (21) traz contatações a respeito da CPI das Milícias da Alepa. Apesar de faltar apenas uma semana para conclusão do relatório final da comissão, podemos apontar, a partir de análises dos autos dos inquéritos e dos processos judiciais sobre as chacinas ocorridas no estado, para a existência de milícias atuando na capital e interior do Pará.  



Confira na reportagem: http://migre.me/odTES

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Viva São Sebastião!

Hoje, dia 20 de janeiro, comemora-se o Dia de São Sebastião, padroeiro do meu querido bairro da Sacramenta. Que a benção deste santo protetor da humanidade se estenda não só aos moradores do bairro mas a todos paraenses. Viva São Sebastião!



Dilma reúne com representantes sindicais do país

Ministros de Dilma reuniram-se nesta segunda-feira (19) com representantes das principais centrais sindicais do país, para dialogar sobre as medidas provisórias que propõem ajustes e correções nos benefícios sociais. Estiveram presentes os Ministros da Secretaria-Geral da Presidência; do Planejamento; da Previdência Social; e do Trabalho. O diálogo com os trabalhadores tem sido uma marca dos Governos do PT.


Parlamentares têm acesso a escutas telefônicas na CPI das Milícias


Os parlamentares que investigam a atuação de milícias em Belém tiveram acesso a escutas telefônicas que informariam os valores negociados pelas mortes. Cerca de 60 pessoas já foram ouvidas. A CPI das Milícias deve ser concluída até o final de janeiro.
Segundo o relator da CPI, os depoimentos apontam a existência de duas milícias na Região Metropolitana de Belém. “Há uma milícia forte atuando no Guamá. Há desconfiança séria e indícios muito fortes de que seria desta milícia do Guamá a ação que resultou naquele teatro de guerra e naquelas execuções que a cidade conviveu de uma forma dramática na noite do dia 4 e 5 de novembro”, diz o deputado.
O deputado ressalta ainda uma possibilidade. “Nós podemos estar lidando com conflito de território, a milícia do Guamá tentando invadir a Terra Firme e os grupos da Terra Firme resistindo à invasão do seu território”, afirma Bordalo.
A mãe de uma das vítimas, que prefere não se identificar, relata que ainda não conseguiu voltar à rotina. “É um pedaço que foi arrancado de hora para outra e que eu tenho certeza que nunca vai cicatrizar. Dói muito. Viver eu não estou vivendo, estou sobrevivendo”, diz a mãe.
A Secretária do Estado de Segurança Pública informou que ainda não vai se manifestar sobre as constatações da CPI das Milícias, já que o inquérito policial que apura as causas e circunstâncias das mortes ocorridas na chacina ainda está em fase de conclusão. As investigações correm em segredo de justiça e são acompanhadas por uma equipe do Ministério Público do Estado. O relatório final da CPI deve ser concluído no próximo dia 30 de janeiro e será entregue as autoridades do Estado, do Governo Federal e da Justiça.
A ouvidoria de Segurança Pública também acompanha o trabalho. “Eu acredito que o que a sociedade espera, que os familiares estão em uma ansiedade de ver ser feito justiça pela morte dos seus filhos”, afirma a ouvidora da Segup, Eliana Fonseca. 
Hoje pela manhã, os parlamentares irão tratar da “Operação Falso Patuá”, desencadeada no município de Igarapé Miri, em setembro de 2014, que identificou uma organização criminosa comandada pelo prefeito Ailson Santa Maria do Amaral, o “Pé de Boto”); da atuação de milícias no interior do Estado, em Belém e na Região Metropolitana; “Operação Katrina” (realizada em agosto do passado, resultou nas prisões de 20 policiais militares); chacina do Tapanã (três adolescentes mortos em 1994); operação “Navalha na Carne” (realizada em 2008 e que desarticulou um grupo de extermínio), chacina de Icoaraci (seis adolescentes mortos em 2011); e as dez mortes registradas em Belém, em novembro do ano passado, logo após o assassinato do cabo Antonio Marcos da Silva Figueiredo, o “Pet”.

Fonte: Jornal O Liberal - 20-01-15


Saiu na mídia!

Nota da coluna Repórter 70 do jornal O Liberal desta terça-feira (20) traz novas revelações a respeito da CPI das Milícias da Alepa:


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Reportagem da TV Liberal sobre a CPI das Milícias

Reportagem da TV Liberal exibida no programa Bom Dia Pará desta segunda-feira (19) traz informações do relator da CPI das Milícias da Alepa, deputado Carlos Bordalo (PT), a respeito dos trabalhos que estão em fase de conclusão na Alepa.Confira:

Saiu na mídia!

Coluna Repórter 70 deste domingo (18), de O Liberal, traz esclarecimentos a respeito da taxa hídrica, encampada no polêmico projeto de Reforma Administrativa do Executivo. Enviado às pressas o ano passado ao Legislativo, o projeto foi aprovado a toque de caixa pelo ‘rolo compressor’ do governo na Casa. À época, me esforcei ao máximo para tentar diminuir os prejuízos que poderiam ser causados a maior parcela da população, caso o texto fosse aprovado na íntegra. Com isso, fiz algumas propostas, entre elas a de deixar clara a isenção da Taxa de Fiscalização de Recursos Hídricos, a TFRH, para o abastecimento doméstico, além de que o governo ampliasse, também, a isenção da taxa para micro e pequenas empresas, empreendedores individuais, agricultores familiares, pequenos e médios agricultores, acatadas pelos parlamentares da Casa.


sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Reportagem de O Liberal sobre CPI das Milícias

Reportagem de hoje (sexta-feira, 16), de O Liberal, traz informações sobre os nossos trabalhos na CPI das Milícias. A matéria também traz algumas declarações minhas. Clique na imagem para leitura.

CPI ouve testemunhas sobre ação de milícias no Pará




Os deputados da CPI das Milícias da Alepa ouviram, nesta quinta (15), sete testemunhas, sendo três delas pela manhã, que detalharam informações sobre Operação ‘Falso Patuá’ (2014), e outras três testemunhas à tarde, sobre a chacina dos dias 04 e 05 de novembro do ano passado, após a morte de Antônio Marco da Silva Figueiredo, conhecido como cabo Pet. Também depuseram a viúva do militar morto  e um ‘sócio’ dele.
 
Uma testemunha não programada também foi ouvida e trouxe mais detalhes aos deputados da CPI sobre o episódio ocorrido em 2013 onde um PM foi alvejado e morto, após reconhecer alguém, em uma provável ação de milicianos, divulgado no outro dia como sendo confronto ocorrido entre integrantes de uma viatura de polícia com elementos que assaltavam um estabelecimento comercial.

Os deputados da CPI têm recebido documentos sigilosos, que tem colaborado com as suspeitas da existência de milícias na Região Metropolitana de Belém e no estado, tendo a participação de policiais civis e militares, que "venderiam serviços de segurança e de extermínio", o chamado “mercado da morte”, comprovadas em transcrições contidas nos autos do processo da Operação ‘Navalha na Carne’, deflagrada em 2008, comprovando a existência de uma tabela de execuções que podem variar de R$ 200 a R$ 15 mil.

Participaram das oitivas os deputados Augusto Pantoja (PPS), presidente; Carlos Bordalo (PT), relator; e Edmilson Rodrigues (PSOL), autor do pedido de instalação da CPI.
 
Agenda - Os deputados reúnem-se nesta segunda-feira (19) para definir os últimos procedimentos da investigação. O prazo final para a entrega do relatório é dia 31. Antes, está previsto um seminário interno para aprovação do documento, que ocorrerá no próximo dia 21 deste mês.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Jornal releva lucrativo "mercado da morte" no Pará

Coluna Repórter Diário desta quinta-feira, 15, traz informações contundentes de que há existência de grupos de extermínios atuando não só em Belém mas em vários municípios do Estado. Mortes por encomendas chegam a ser negociadas num valor de até R$ 15 mil reais, o que requer do governo do estado medidas urgentes frente a este lucrativo “mercado da morte” no Pará.




quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Reunião com o Presidente da ALEPA, Márcio Miranda, sobre a CPI das Milícias

Na condição de relator da CPI das Milícias, estive reunido ontem (terça-feira, 13) com o Presidente da ALEPA, deputado Márcio Miranda, para informar, em detalhes, o trabalho que está sendo realizado, comunicando-lhe dos avanços feitos para caracterizar a ação organizada das Milícias no Estado. Também tratamos do apoio logístico para a conclusão dos trabalhos previstos, com a entrega no dia 30 de janeiro do relatório final, que trará indicações de responsabilidades, além de procedimentos para coibir atividades e aperfeiçoar o Sistema de Segurança do Pará.

Ainda ontem (13), a CPI ouviu o promotor Manoel Murrieta. Ele acompanhou as investigações da chacina em Icoaraci, que teve o ex-policial militar Rosivan Moraes Almeida condenado a 120 anos de prisão por ser considerado responsável pelo assassinato de 6 adolescentes no ano de 2011. Também chegaram à Comissão denúncias sobre morte de um soldado em provável ação de milicianos. A denúncia é muito grave, e será apurada com rigor. Este evento vai ser incluído no relatório como um caso emblemático, da possível participação de policiais em eventos criminosos.


"CPI das Milícias" da Alepa avança para conclusão do relatório final

Coluna Repórter Diário desta quarta-feira, 14, destaca nosso empenho à frente da “CPI das Milícias” da Alepa e mostra os avanços na coleta de informações e investigações sobre as chacinas ocorridas na Região Metropolitana de Belém e no Estado. Continuaremos incessantemente com os trabalhos e, até o final do mês, está prevista a conclusão do relatório final da CPI. 


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Companheiro Adeilson (PT) assume prefeitura de Nova Timboteua

Vice-prefeito Adeilson (PT) assume a prefeitura de Nova Timboteua, após o afastamento do prefeito Luiz Bagaceira. Meus votos de sucesso ao companheiro. Que o povo de Nova Timboteua tenha dias de progresso!


CPI das Milícias nesta segunda-feira (12): novos depimentos trazem relevantes informações

Na manhã desta segunda-feira (12), na CPI das Milícias, ouvimos uma testemunha de última hora que trouxe importantes informações para averiguação dos casos investigados na Comissão. À tarde, ouvimos, em depoimento sigiloso, Celina Hamoy, Presidente do CEDECA/Emaús no Pará, e o delegado Cláudio Galeno, Presidente do inquérito que apura os homicídios cometidos na noite e na madrugada dos dias 4 e 5 de novembro do ano passado.

Após mais esta rodada de depoimentos, já encontramos fortes indícios das conexões entre algumas das chacinas ocorridas no Estado. Temos evidências de que existe um nexo histórico, iniciado em 2000, com a participação de um Cabo da PM, posteriormente assassinado em Icoaraci. O relatório começa a tomar forma. Vamos continuar avançando nos trabalhos e nas investigações. 

 Também optamos por cancelar as visitas que faríamos ontem (12) aos locais onde ocorreram os assassinatos, de modo a preservar  vizinhos e parentes das vítimas. 


Abaetetuba realiza congresso de trabalhadores rurais


Está sendo realizado o Congresso do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Abaetetuba. Infelizmente, não pude comparecer, em função dos trabalhos na CPI das Milícias. Mas transmito todo o meu apoio à realização do evento. Um ótimo Congresso aos companheiros e às companheiros, e um forte abraço à Vereadora Edileuza e a todo o povo de Abaeté!

"Minha Casa, Minha Vida não sofrerá cortes", garante ministro


O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, afirmou, nesta segunda-feira (12), que os investimentos no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida serão mantidos em 2015. Ele fez a afirmação ao “Blog do Planalto”, após reunir-se com a presidenta Dilma Rousseff pela manhã, no Palácio do Planalto.

“O programa Minha Casa Minha Vida não sofrerá cortes, é um programa que terá continuidade e que permanecerá como uma prioridade do governo. Isso já é uma definição da presidenta Dilma”, disse.

O Minha Casa, Minha Vida foi lançado em 2009, durante governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Somente na gestão de Lula, foram contratadas 1 milhão de moradias.
A presidenta Dilma deu prosseguimento ao projeto e contratou 2,7 milhões de casas. Em 2014, ela anunciou a terceira etapa do programa, que tem como meta entregar 3 milhões de moradias.



Fonte: Agência PT de Notícias, com informações do Blog do Planalto http://migre.me/o6eSA

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

CPI ouve familiares das vítimas das chacinas de Icoaraci e Santa Izabel


Os familiares das vítimas mortas nas chacinas de Icoaraci e Santa Izabel do Pará, ambas ocorridas em 2011, na Região Metropolitana de Belém, serão ouvidas na manhã desta segunda-feira, 12, pelos deputados que integram a “CPI das Milícias”, da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa). As testemunhas foram convocadas pela Comissão e devem colaborar com as investigações que estão em andamento na Alepa. À tarde, novas testemunhas devem ser ouvidas e, logo após, acontecerá reunião administrativa.

Chacinas

A chacina de Santa Izabel aconteceu em agosto de 2011 e vitimou seis pessoas da mesma familia, que foram executadas a tiros. Segundo denúcia do MPE,  o crime teria sido liderado por dois policias militares da Rotam (Ronda Tática Ostensiva Metropolitana). Cinco integrantes de um grupo de extermínio que agia na região metropolitana de Belém também teriam participado dos assassinatos.

Quatro acusados respondem o processo em liberdade. Dois não compareceram a última audiência realizada em 2012, e uma quarta pessoa que teria envolvimento não foi localizada pela justiça. O processo envolvendo os acusados ainda continua tramitando na justiça.

Já a chacina de Icoaraci aconteceu dois meses após, em novembro de 2011. Na ocasião, seis adolescentes foram mortos em frente ao Instituto de Previdência de Belém (Ipamb), na rua Júlio Maria, por dois homens de motocicleta. Um dos acusados da chacina teria sido o ex-policial Rosivan Almeida. Ele foi julgado pela justiça em outubro de 2014 e condenado a 120 anos de prisão. O militar teria sido expulso da PM em 2008, após ser preso durante a operação "Navalha na Carne", acusado de integrar um grupo de extermínio que agia na Região Metropolitana de Belém.


(Assessoria com informações do G1 PA)



Parabéns, Belém, pelos seus 399 anos!


Meus parabéns à querida cidade de Belém, pelo seu aniversário de 399 anos! Desejo dias de paz para este povo tão guerreiro e trabalhador da capital do Estado do Pará. Nosso mandato está sempre na linha de frente da luta por mais segurança e mais cidadania para a nossa população!

Trecho da canção "Olhando Belém"

(Nilson Chaves e Celso Viáfora):
O sol da manha rasga o céu da amazônia
eu olho Belém da janela do hotel
as aves que passam fazendo uma zona
mostrando pra mim que a amazônia sou eu
Que tudo é muito lindo
É branco é negro é índio
No rio tietê mora a minha verdade
Sou caipira, sede urbana dos matos
Um caipora que nasceu na cidade
Um curupira de gravata e sapato
Sem nome sem dinheiro
sou mais um brasileiro
Olhando Belém enquanto uma canoa desce o rio
E um curumim assiste da canoa
Um boeing riscando o vazio
Eu posso acreditar que ainda dá pra gente viver numa boa
Os rios da minha aldeia são maiores que os de Fernando Pessoa

sábado, 10 de janeiro de 2015

Número de assentados bate recorde em 2014


Em 2014, por meio de 145 projetos, mais de 415 mil hectares foram incorporados aos cerca de três milhões de hectares destinados à reforma agrária durante os quatro primeiros anos do governo Dilma Rousseff. Entre os anos de 2011 e 2014, 493 projetos de assentamento beneficiaram 107,4 mil famílias.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) assentou, no ano passado, duas mil famílias a mais que as 30 mil previstas para o período. Segundo o órgão, estima-se que cerca de 90 mil pessoas passarão a viver do setor econômico responsável por mais de 75% dos produtos levados à mesa dos brasileiros.

Além dos assentamentos, a Presidência da República decretou 30 imóveis como de interesse para reforma agrária. Ao todo, são 66,3 mil hectares com capacidade para assentar, em 2015, cerca de duas mil famílias.

Terra e assistência técnica – Em 2014, dos R$ 1,4 bilhão investidos pelo Incra, R$ 527,9 milhões serviram para desapropriar e adquirir 104,1 mil hectares para reforma agrária, principalmente na região Nordeste.

A outra parte dos recursos, R$ 341,6 milhões, foi usada no programa Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), a 78,7% das famílias assentadas no Semiárido. O serviço foi universalizado para as mais de 35 mil famílias dos estados de Pernambuco e Ceará.
Para ter acesso a crédito, assistência técnica e infraestrutura do programa de reforma agrária do governo federal, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico). Anualmente, ao longo dos próximos três anos, cada família terá acesso a uma média de R$ 62 mil do R$ 1,9 bilhão que será investido nos 145 assentamentos criados em 2014.

Infraestrutura – Em 2014 foram investidos R$ 224,5 milhões na abertura, recuperação e conclusão de 1.290 quilômetros de estradas vicinais, em todo o País.
Durante o período, além do orçamento próprio do Incra, o governo federal distribuiu R$ 1,77 bilhão em investimentos, como: Bolsa Verde; Plano Brasil Sem Miséria; Minha Casa Minha Vida; Bolsa Família; Programa de Aquisição de Alimentos (PAA); Programa Terra Forte.

Crédito – Dados da Diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural (Diorf), o valor das operações de crédito da agricultura familiar, durante o período de julho a dezembro de 2014, foi de R$ 15,2 bilhões, 23% acima do contratado no mesmo período da safra 2013/2014. Foram assinados mais de 1,1 milhão de contratos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

As mulheres têm acessado mais crédito. No segundo semestre de 2014 elas acessaram R$ 2,2 bilhões em mais de 300 mil contratos. No mesmo período da safra anterior, foi R$ ,18 bilhão para cerca de 297 mil contratos. O Plano Safra 2014/2015, que termina em junho deste ano, tem disponível R$ 24 bilhões.

Contraponto – Segundo o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Alexandre Conceição, o processo de reforma agrária avança, mas ainda não é o ideal. De acordo com ele, ainda há no Brasil 130 mil famílias acampadas debaixo de lonas pretas. O coordenador afirmou que enquanto o Incra desapropriou cerca de três milhões de hectares, seis milhões passaram para as mãos de grandes proprietários.
Segundo Conceição, em relação a Ater, o tipo de assistência técnica oferecido ainda é concentrado para a aquisição de adubo químico e agrotóxico, o que vai de encontro com a proposta do MST.

Fonte: Agência PT de Notícias http://migre.me/o3h16

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Bordalo classifica ataque terrorista na França como “ato covarde e repugnante”


O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Carlos Bordalo (PT), classificou, nesta quarta-feira (08), o ato terrorista contra o jornal satírico francês ‘Charlie Hebdo’ como um ato “covarde e repugnante”.

 “Seja de qualquer origem, o terrorismo é odioso. Toda execução do ser humano, sem direito à defesa, é repugnante. Uma barbárie injustificável. A humanidade está de luto”, se indignou Bordalo.

Para o parlamentar, um ato intolerante e uma clara tentativa de cercear a liberdade de imprensa e de expressão no mundo. “Deixo minha solidariedade às famílias dos jornalistas e cartunistas mortos durante o ataque”.

Nesta quarta-feira, 08, a sede do jornal semanal francês Charlie Hebdo, em Paris, foi alvo de um ataque que deixou ao menos 12 mortos e quatro pessoas seriamente feridas. A razão do ataque e sua autoria ainda são desconhecidas. 

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Recordando grandes conquistas

#Recordações

Escrivães tomam posse de seus cargos! Uma grande conquista!


Aniversário de Santa Izabel do Pará

Hoje (7 de janeiro), o município de Santa Izabel do Pará comemora 81 anos. Parabéns ao querido povo de Santa Izabel pela data, desejo dias de paz e de prosperidade ao município!


Imagem: Prefeitura de Santa Izabel http://ow.ly/GW910
 

Aniversário de 180 anos da Cabanagem

Neste quarta-feira (7), comemoramos o aniversário da Cabanagem - levante popular, ocorrido no período regencial brasileiro, na Província do Grão-Pará. Em janeiro de 1835, os cabanos tomaram o poder em Belém, e constituíram o seu primeiro governo. Os integrantes da revolta foram denominados 'cabanos' porque viviam em cabanas, às margens de rios como o Capim, o Acará, o Moju e o Guamá. A Cabanagem, iniciada há 180 anos, é um dos maiores conflitos já ocorridos na história do país.